755desafiosCHPR

  

 

 

 Casa das Histórias Paula Rego 

 

 

 

EXPOSIÇAO PAULA REGO E JOSEFA DE ÓBIDOS: ARTE RELIGIOSA NO FEMININO

 

 

 

755ENVOLVE-TE CHPR 21novo

Estudo para O jardim de Crivelli (Visitação), 1990-91 | Virgem Maria, 1994 | Anunciação, 2002

 

 

"Temp(l)os de Devoção"

(desafio no âmbito da exposição "Paula Rego/Josefa d'Óbidos: arte religiosa no feminino").


Em 1990, Paula Rego realizou o painel O Jardim de Crivelli para a National Gallery, em Londres. Inspirada pela Lenda Dourada, livro que compila histórias da vida dos santos, a artista escolheu retratar Santas que estavam também presentes em obras da National Gallery e imprimiu-lhes a sua visão pessoal tratando-as como mulheres do seu tempo. É o caso da Virgem Maria e Santa Isabel que "parecem mais mulheres vulgares que se encontram para partilhar um segredo do que as protagonistas do drama bíblico da Visitação."(Bradley, Fiona; in Paula Rego, p. 58.)

Também em 2002, ao realizar o Ciclo da Vida da Virgem, a artista fala sobre a contemporaneidade que imprimiu à figura da Virgem: "Imagine uma rapariga moderna a quem isto acontece." (Paula Rego, in Histórias & Segredos, Nick Willing, 2017.)

Este é o desafio que vos lançamos: Como atualizar uma figura de devoção?
Pelo figurino, pelas suas ações, pelo cenário em que se encontra, pelos seus atributos...

 

Escolham a figura de uma Santa, ou outra figura feminina da história bíblica, descubram o que a caracteriza, porque é importante, e representem-na à luz dos dias de hoje! No fim partilhem connosco os vossos desenhos e contem-nos a história da vossa figura de devoção, através do email Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .


Divirtam-se!

 

 

EXPOSIÇÃO DESENHAR, ENCENAR, PINTAR

 

 

Os próximos desafios que vão encontrar convidam-vos a descobrir desde o trabalho de Paula Rego, a exposição "Desenhar, Encenar, Pintar", passando pela coleção da Casa das Histórias Paula Rego, até à génese do edifício da autoria de Eduardo Souto de Moura. A partir de algumas obras aqui destacadas, são lançados desafios simples ao alcance de qualquer curios@, que podem ir desde o ato de (re)contar histórias entre família (mesmo à distância!), alguns desafios de desenhos a partir de outros de Paula Rego, ou pequenas encenações de lugares imaginários (com o que estiver ao vosso alcance em casa) à semelhança do que a pintora recria no seu ateliê em Londres.

 

 

ENVOLVE-TE CHPR casa11 copy copy copy

 

Cortina 

Convidamos à criação de pequenos teatros dentro do vosso espaço.

Material: 1 máscara, 1 boneco, 1 peça de roupa, 1 peça de mobiliário, e 1 elemento à vossa escolha.
Com esse material criem os vossos próprios cenários e contem-nos uma história.
Se quiserem, assim como faz a Paula, que constrói para desenhar, desenhem o vosso teatro – história.

 

 

 

ENVOLVE-TE CHPR casa12 copy

 

Qual o estilo(s) das heroínas de Paula? 

O que define um herói ou uma heroína? Quem são e o que os identifica? Marina Warner refere que Paula Rego encheu a Casa das Histórias com as suas heroínas. Mas afinal quem são elas e qual o seu estilo? Como se caracteriza ou define a sua maneira de ser e de estar?

Deixem-nos palavras que revelem o estilo destas heroínas!

 

 

ENVOLVE-TE CHPR casa13 copy

 

 

1, 2, ?

Como continua este desenho? Princípio, meio e fim... A Paula Rego muitas vezes surpreende com o desfecho que dá aos seus trabalhos, reconhecimento e surpresa muitas vezes caminham juntos! No site do museu encontram um conjunto de imagens (no setor da "Coleção" pintura/ desenhos; aqui: http://www.casadashistoriaspaularego.com/pt/cole%C3%A7%C3%A3o/introdu%C3%A7%C3%A3o.aspx) que podem imprimir nas vossas casas e continuar das formas mais improváveis ou prováveis que quiserem.

Sugerimos que copiem parte do desenho de Paula Rego, e que o completem livre e criativamente. Agora é convosco!

 

 Descarregue aqui enunciado do desafio 

 

 ENVOLVE-TE CHPR casa14 copy

 

Conta-me uma história...

Ao longo destes dez anos um dos momentos que mais marcou o programa do museu foi o "Conta-me Histórias". Hoje, e neste formato à distância, devolvemos o desafio aos nossos públicos para serem verdadeiros contadores.

Paula Rego costuma dizer-nos que os seus quadros são histórias que nos conta. As histórias são também a sua principal fonte de criação artística, histórias com as quais cresceu, e que eram contadas pelo pai e pela tia-avó Ludgera.
Histórias que marcam momentos únicos de união, de brincadeira, de criação, e de partilha.

Nesta altura em que nos vemos afastados de quem mais gostamos, pensem numa história que gostem e partilhem-na com os vossos netos, sobrinhos, filhos, pais, avós, ou amigos. Deem largas à imaginação e partilhem-na em vídeo connosco!

 

 

 ENVOLVE-TE CHPR casa15

 

Petit Cabinet


Reconhecem este espaço dentro da Casa das Histórias Paula Rego, desenhada pelo arquiteto Eduardo Souto de Moura? Chama-se petit cabinet e foi inspirado pelo gabinete que o arquiteto Raul Lino (1879-1974) terá construido para a Casa dos Penedos em Sintra: um espaço dentro do espaço maior designado por Casa. No nosso museu, este é também um espaço onde articulamos o dentro e o fora, onde nos podemos sentar a contemplar, onde podemos imaginar novos lugares e outros recantos.


E vocês? Como é o vosso "petit cabinet"? Mostrem-nos o vosso canto preferido aí de casa, aquele lugar especial onde têm as melhores brincadeiras, onde surgem as melhores histórias, ou cuja vista vos deslumbre. Fotografem, descrevam, desenhem todos os pormenores do vosso cantinho especial, podem até inventar alguns que gostassem de lhe acrescentar, e partilhem connosco o vosso "petit cabinet" através do email Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .

 

 

ENVOLVE-TE CHPR casa16

 

 

Casa


Casa das Histórias Paula Rego, foi o nome escolhido pela artista para o museu em Cascais dedicado à sua obra. A Casa conta muitas histórias da artista... histórias que ouviu, que leu, que viveu. Mas não só! É também a Casa das Histórias de todos quando a visitam, e que confabulam a partir das histórias de Paula Rego.


Seja através de um desenho, numa ida à cafetaria, ou num passeio pelo jardim da Casa, os visitantes constroem as suas próprias histórias. Todos temos histórias dentro de nós sejam elas pessoais ou universais, únicas ou do imaginário coletivo. Todos podemos "construir" a nossa Casa das Histórias. Que histórias cabem dentro da vossa?


Desafiamos-vos a escolherem uma imagem da Casa das Histórias (podem encontrar algumas imagens aqui: http://www.casadashistoriaspaularego.com/pt/; Setor do Edifício) e a partir dela construam a vossa versão da Casa das Histórias feita com objetos contadores. Tirem uma fotografia e partilhem-na connosco através do email Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .


A lembrar: O formato do edifício construído com os objetos deve ser sempre o mais idêntico possível ao edifício original deste museu. Os objetos utilizados para construir a Casa devem ser objetos contadores de histórias, isto é, objetos que pertencem a uma história, ou que contam uma (um livro por exemplo).

 

 

 

 

 

755ENVOLVE-TE CHPR casa17

 

 

Entre mitos e linhas


A Tapeçaria Batalha de Alcácer Quibir, realizada por Paula Rego na década de 60, é uma peça única no percurso da artista. O trabalho cruza várias técnicas têxteis assim como várias histórias, uma delas a do Rei D. Sebastião.


Das técnicas nela aplicadas destaca-se o bordado, com os seus mais variados pontos, feito a várias mãos com a "colaboração das mulheres de pescadores que com esse fito se deslocavam à casa do Alto da Baleia, a ajuda da menina Francisca, a costureira da família que realizou o remate ou bainha, e mesmo a ajuda das crianças da família."(Joana Macedo, in Alcácer-Quibir. Uma obra têxtil de Paula Rego na década de 1960)


O desafio que lançamos é identificarem quais os tipos de pontos de bordado usados nesta peça, a partir das imagens que aqui partilhamos. Desafiamos ainda à criação de pequenas peças inspiradas na tapeçaria de Paula Rego, realizadas com estes pontos. Partilhem o resultado connosco!

 

Podem também ver a tapeçaria completa a partir da nossa visita virtual: https://my.matterport.com/show/?m=stLFzqAEgoK